Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Dama de Honor à medida

Visitamos quintas, escolhemos vestidos, reservamos a lua-de-mel e experimentamos despedidas de solteiras, somos verdadeiras clientes mistério, e dizemos-te tudo o que achamos do serviço. Ah, e somos Damas de Honor profissionais!

Sex | 14.02.20

Casamento Low Cost

low cost, casar em portugal, casar em lisboa, casamento

Com base na nossa experiência, é comum os casais gastarem mais do que o previsto com o casamento, mas isso deve-se sobretudo à falta de organização durante o processo de planificação de cada uma aquisições que fazem.

Para provar que é possível gastar pouco mas ter uma cerimónia memorável, deixamos aqui o testemunho da Sofia, que gastou aproximadamente 3.000€ ao organizar o seu casamento low cost.


1- Não use a palavra C - Todos os blogs e sites de casamento referem isto, e é verdade. Não diga que está a planear o seu casamento, principalmente junto de profissionais do ramo. As coisas ficam 3 ou 4 vezes mais caras do que seriam inicialmente. Diga que é um evento ou uma festa, não tem de se justificar mais do que isto.

flores, decoração, casamento, casar

2 - Respeite o seu budget - Não gaste dinheiro que não tem. Mesmo que saiba que as prendas de casamento vão provavelmente pagar o casamento, não pode basear as suas decisões nisso.
Existem sites que o podem ajudar a controlar os gastos, entre eles o casamentos.pt. Tem ferramentas muito úteis que pode usar gratuitamente, como o gestor de convidados, site do casamento, gestor de orçamento e uma grande lista de fornecedores do ramo.
Ter um casamento verdadeiramente low-cost vai implicar que lhe dedique muito do seu tempo. Tempo é dinheiro, literalmente!

3 - Convide quem quer ser convidado - Só vai ajudar no ambiente do seu casamento e no seu budget, se convidar apenas quem gosta de si e quer efectivamente ir ao seu casamento. Os que não pode ou não quer convidar, diga-lhes que o budget era muito apertado e que convidaram apenas a família mais próxima (mesmo que não seja verdade). Mesmo os que convidar cerca de 20% vai recusar.

4 - Escolha um tema e comece a partir daí - Até acertar o tema, tudo vai parecer mais difícil. Depois de acertar as cores que quer e o tipo de casamento que vai ter, o resto vai parecer mais simples, porque já tem uma base de trabalho. Se o seu tema é a praia, vá descalça, sempre poupa nos sapatos. Se é o campo faça uma decoração mais rústica, com caixas de fruta e flores em vaso...
É a boa utilização do tema que escolher que a vai fazer poupar dinheiro.

5 - Nem tudo o que podem ser vocês a fazer é mais barato - Não pense que se for o casal a fazer, sairá mais barato. É MENTIRA! Entre o material que vai ter de comprar e o trabalho que lhe vai dar, há coisas que compensa muito mais comprar feito. As lembranças são um óptimo exemplo disso. Comprei as minhas no aliexpress, pode comprar directamente à fabrica e em grandes quantidades. As minhas saíram a 1,20€ por lembrança, já com a embalagem feita.
Lembre-se que tudo o que comprar e que venha de países fora da UE, pode demorar uns meses a chegar e vai ter de pagar imposto na alfandega (antes de comprar acrescente sempre mais 23% ao valor inicial).

6 - Utilize espaços que ainda mais ninguém se lembrou - Se quer um casamento low-cost vai ter de arriscar. Arriscar nas ideias e no espaço. Pense fora da caixa! Onde é que poderia fazer a sua festa? Num moinho de vento, num armazém, numa fábrica desactivada, numa quinta agrícola, numa casa com piscina...
Agora estará a pensar..."ok, mas como posso contactar os proprietários?"
Hoje em dia existem sites de aluguer de casas ou quartos pelos proprietários, exemplo disso é a airbnb ou a homeaway , e estas são só as mais conhecidas. Peça para ir ver o espaço e saber as condições que tem, o mobiliário que poderá utilizar, etc.

7 - Na periferia é mais barato - Não é novidade para ninguém, mas o que é facto, é que ao contratar empresas de catering, som, etc de cidades mais pequenas estará a pagar menos pelo mesmo serviço, e a contribuir para o crescimento local. Se é de Lisboa experimente, por exemplo, usar nas suas pesquisas de fornecedores locais como, Santarém, Coruche, Torres Vedras, etc

casal, noivos, vestido, azul, casamento azul, tema de casamento

8 - Fotografo amador? - E porque não? Neste momento há amadores que tiram melhores fotografias que muitos profissionais. Outra dica é a de contratar um aluno de arte e multimédia ou mesmo de fotografia. Usualmente têm boas máquinas e querem experiência para o curriculum.
Se não quer gastar dinheiro em fotografia, não o faça! Peça aos convidados para tirarem fotos :) e depois partilhe-as gratuitamente por todos os convidados na dropbox, ou na meocloud.

9 - Vestidos low-cost - Existem lojas com vestidos de noiva baratos (500€ ou 600€ é um vestido de noiva barato). Nessas mesmas lojas existem vestidos de cerimónia que podem custar 200€ ou 300€ - (Wedding Clinic).

vestido de noiva, vestido, casar

Se mesmo assim não está convencida ou não encontrou nada que tenha gostado, faça como eu, e compre o vestido on-line e feito à medida, na JJ's House. Tem de tudo um pouco, e a preços formidáveis. Lembre-se que são vestidos feitos na China e que vão demorar a chegar, para além de ter de pagar alfandega (23% do valor inicial).

10 - Partilhe o peso do planeamento - No dia do seu casamento não vai poder estar em cima da empresa de catering ou do rapaz do som. O ideal é que nem se lembre que eles lá estão. Delegue responsabilidades por 2 ou 3 pessoas em quem confia, padrinhos, pais ou amigos. Nós tivemos a sorte de ter uma madrinha de casamento fantástica ;)

O texto é da autoria da Sofia, autora do blog Caixote de Tralha e reporta-se ao ano de 2014 (vale a pena ter em consideração que os preços não estão atualizados à data de hoje).

Para saber mais sobre casamentos low cost leia também:

Top dicas para casamentos baratos

Casa sai caro

7 coisas a saber antes de escolher o fotógrafo

6 Quintas para casamento baratas