Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Projeto em Branco

Apaixonadas por tudo o que tenha a ver com casamentos, três amigas encontraram no Projeto em Branco um espaço para partilharem inspirações, ideias e muito mais mais para tornar teu casamento ainda mais especial!

14 de Fevereiro, 2020

Casamento Low Cost

low cost, casar em portugal, casar em lisboa, casamento

Com base na nossa experiência, é comum os casais gastarem mais do que o previsto com o casamento, mas isso deve-se sobretudo à falta de organização durante o processo de planificação de cada uma aquisições que fazem.

Para provar que é possível gastar pouco mas ter uma cerimónia memorável, deixamos aqui o testemunho da Sofia, que gastou aproximadamente 3.000€ ao organizar o seu casamento low cost.


1- Não use a palavra C - Todos os blogs e sites de casamento referem isto, e é verdade. Não diga que está a planear o seu casamento, principalmente junto de profissionais do ramo. As coisas ficam 3 ou 4 vezes mais caras do que seriam inicialmente. Diga que é um evento ou uma festa, não tem de se justificar mais do que isto.

flores, decoração, casamento, casar

2 - Respeite o seu budget - Não gaste dinheiro que não tem. Mesmo que saiba que as prendas de casamento vão provavelmente pagar o casamento, não pode basear as suas decisões nisso.
Existem sites que o podem ajudar a controlar os gastos, entre eles o casamentos.pt. Tem ferramentas muito úteis que pode usar gratuitamente, como o gestor de convidados, site do casamento, gestor de orçamento e uma grande lista de fornecedores do ramo.
Ter um casamento verdadeiramente low-cost vai implicar que lhe dedique muito do seu tempo. Tempo é dinheiro, literalmente!

3 - Convide quem quer ser convidado - Só vai ajudar no ambiente do seu casamento e no seu budget, se convidar apenas quem gosta de si e quer efectivamente ir ao seu casamento. Os que não pode ou não quer convidar, diga-lhes que o budget era muito apertado e que convidaram apenas a família mais próxima (mesmo que não seja verdade). Mesmo os que convidar cerca de 20% vai recusar.

4 - Escolha um tema e comece a partir daí - Até acertar o tema, tudo vai parecer mais difícil. Depois de acertar as cores que quer e o tipo de casamento que vai ter, o resto vai parecer mais simples, porque já tem uma base de trabalho. Se o seu tema é a praia, vá descalça, sempre poupa nos sapatos. Se é o campo faça uma decoração mais rústica, com caixas de fruta e flores em vaso...
É a boa utilização do tema que escolher que a vai fazer poupar dinheiro.

5 - Nem tudo o que podem ser vocês a fazer é mais barato - Não pense que se for o casal a fazer, sairá mais barato. É MENTIRA! Entre o material que vai ter de comprar e o trabalho que lhe vai dar, há coisas que compensa muito mais comprar feito. As lembranças são um óptimo exemplo disso. Comprei as minhas no aliexpress, pode comprar directamente à fabrica e em grandes quantidades. As minhas saíram a 1,20€ por lembrança, já com a embalagem feita.
Lembre-se que tudo o que comprar e que venha de países fora da UE, pode demorar uns meses a chegar e vai ter de pagar imposto na alfandega (antes de comprar acrescente sempre mais 23% ao valor inicial).

6 - Utilize espaços que ainda mais ninguém se lembrou - Se quer um casamento low-cost vai ter de arriscar. Arriscar nas ideias e no espaço. Pense fora da caixa! Onde é que poderia fazer a sua festa? Num moinho de vento, num armazém, numa fábrica desactivada, numa quinta agrícola, numa casa com piscina...
Agora estará a pensar..."ok, mas como posso contactar os proprietários?"
Hoje em dia existem sites de aluguer de casas ou quartos pelos proprietários, exemplo disso é a airbnb ou a homeaway , e estas são só as mais conhecidas. Peça para ir ver o espaço e saber as condições que tem, o mobiliário que poderá utilizar, etc.

7 - Na periferia é mais barato - Não é novidade para ninguém, mas o que é facto, é que ao contratar empresas de catering, som, etc de cidades mais pequenas estará a pagar menos pelo mesmo serviço, e a contribuir para o crescimento local. Se é de Lisboa experimente, por exemplo, usar nas suas pesquisas de fornecedores locais como, Santarém, Coruche, Torres Vedras, etc

casal, noivos, vestido, azul, casamento azul, tema de casamento

8 - Fotografo amador? - E porque não? Neste momento há amadores que tiram melhores fotografias que muitos profissionais. Outra dica é a de contratar um aluno de arte e multimédia ou mesmo de fotografia. Usualmente têm boas máquinas e querem experiência para o curriculum.
Se não quer gastar dinheiro em fotografia, não o faça! Peça aos convidados para tirarem fotos :) e depois partilhe-as gratuitamente por todos os convidados na dropbox, ou na meocloud.

9 - Vestidos low-cost - Existem lojas com vestidos de noiva baratos (500€ ou 600€ é um vestido de noiva barato). Nessas mesmas lojas existem vestidos de cerimónia que podem custar 200€ ou 300€ - (Wedding Clinic).

vestido de noiva, vestido, casar

Se mesmo assim não está convencida ou não encontrou nada que tenha gostado, faça como eu, e compre o vestido on-line e feito à medida, na JJ's House. Tem de tudo um pouco, e a preços formidáveis. Lembre-se que são vestidos feitos na China e que vão demorar a chegar, para além de ter de pagar alfandega (23% do valor inicial).

10 - Partilhe o peso do planeamento - No dia do seu casamento não vai poder estar em cima da empresa de catering ou do rapaz do som. O ideal é que nem se lembre que eles lá estão. Delegue responsabilidades por 2 ou 3 pessoas em quem confia, padrinhos, pais ou amigos. Nós tivemos a sorte de ter uma madrinha de casamento fantástica ;)

O texto é da autoria da Sofia, autora do blog Caixote de Tralha e reporta-se ao ano de 2014 (vale a pena ter em consideração que os preços não estão atualizados à data de hoje).

Para saber mais sobre casamentos low cost leia também:

Top dicas para casamentos baratos

Casa sai caro

7 coisas a saber antes de escolher o fotógrafo

6 Quintas para casamento baratas