Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

6 meses 6 erros

noivos, casamento, rústico, quinta do Alvre

Hoje fazemos 6 meses de casados! 

Depois do stress do dia do casamento, da linda festa que tivemos, da lua-de-mel fantástica e dos primeiros meses de ternura, é uma boa altura para fazer um levantamento dos erros que eu e o noivo cometemos por falta de experiência, excesso de confiança ou simplesmente porque na altura pareceu-nos a atitude mais correta:

 

1. Deixar a última prova do fato do noivo para o dia anterior ao casamento.

Apesar de ter corrido lindamente, depois da última prova (na véspera do casamento) ainda foi preciso fazer algumas pequenas alterações. Convenientemente, o estúdio estava em obras e aquela hora já a costureira tinha saído. Graças aos profissionais que nos atenderam, pediram-nos para esperar umas horinhas e conseguiram encontrar uma solução. Obrigada Prassa.

 

2. Ter-me conformado, temporariamente, com o vestido menos mal.

Já descrevi aqui a minha saga em busca do vestido ideal, portanto, sabem que demorei até encontrar "o vestido": experimentei uns 50 vestidos, encomendei o dito cujo, liguei a cancelar, reservei novamente um vestido distinto, fui à última prova, estava descontente, desisti do vestido e, finalmente, mostraram-me o vestido ideal: justinho, linha A, cai-cai, com renda, brilhantes e super sexy, fiquei fascinada! Mas até encontra-lo decidi conformar-me com o que até nem desgostava e nem era muito caro, era do agrado da família e das amigas e até não me ficava mal, era razoável. Grande erro! Fica o conselho: não se conformem com o "razoável" quando podem ter algo "uau".

 noiva, bride, vestido sereia, branco, casamento, jardim do morro, ponte d. luís

3. Não ter em conta que com os convidados que vêm de longe a percentagem de ausências pode ser superior a 10%.

Ficamos perplexos com a quantidades de certezas absolutas que se transformaram em ausências seguras. Pessoas que disseram que irião nem tiveram o trabalho de ligar a dizer que não poderiam estar presentes. Perdemos algumas "amizades" à custa disso.

 

4. Não adaptei a minha despedida de solteira à pessoa que sou, limitei-me a fazer algo fácil e simples.

A minha despedida de solteira foi divertida, não me entendam mal, fomos jantar a um restaurante com strippers. O problema foi que os strippers despiram-se demasiado...e muitos dos noivos e noivas presentes não tinham o mínimo pudor. O resultado foi um fim de noite bastante desconfortável e nojento.

 

5. Não reservei tempo suficiente para girly things.

Sobrancelhas, buço, depilação, hidratação no cabelo, esfoliação à pele, branqueamento dos dentes. Estas coisas estavam na minha to do list e não as consegui cumpri por falta de tempo, provavelmente por ter que ter ido trabalhar até o dia anterior ao casamento.

 

6. Preocupei-me demasiado com os convidados

Tendo em conta o número surpreendente de desistência, uma das minhas preocupações foi fazer com que as pessoas especiais que estiverem efetivamente presentes se divertissem e saissem de lá com a sensação de um dia bem passado. Nada de mal em querer que a família e os amigos se divirtam, o problema foi que, inconscientemente, estava sempre a pensar no bem-estar deles e esqueci-me frequentemente de mim própria e do noivo.

 

Apesar de tudo, foi incrível e não alteraríamos nada! 

amor, casamento, decoração, rústico, felicidade

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.